Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Tributo ao meu amigo GPS!

Cá estou eu para vos contar o nosso último dia do passeio a Marvão:

3º dia: Vila Viçosa

Depois de tantos castelos, que basicamente são só calhau, saímos da Beirã com intenção de mostrar à miúda o Palácio de Vila Viçosa.

E o que seria de um passeio destes sem uma aventura patrocinada pelo meu amigo de longa data… o GPS, hã?

Começámos logo à saída em direção a Portalegre, trocámos as voltas e acabámos a fazer uma estradinha com umas curvas em gancho… parecia que estávamos no Vale do Vouga do antigamente… depois lá entrámos no IP2…

‘oh Rita, vê lá no GPS qual é a saída do IP2 mais indicada para chegar a Vila Viçosa’… e diz o GPS… ‘a 500 metros virar à esquerda…’

...

E pronto, pessoas... começou a tourada

Em menos de nada estavámos no chamado Alentejo profundo… retas a perder de vista… não se via vivalma… de vez em quando, mesmo muito de vez em quando, aparecia uma aldeia...

‘como é que isto se chama? Barcarena!!!’

‘oh mulher não é Barcarena, isso é no Cacém… é Barbacena… o GPS manda virar agora aqui à direita'…

'olha está ali um senhor… oh pai é melhor perguntares se estamos no caminho certo… vai na volta o GPS está a mandar-nos para outra Vila Viçosa qualquer…’

oh avô, e não trates o senhor por sócio… contigo são todos sócios!’ (tão engraçadinha a miúda, não é?)

O Sr., na boa maneira alentejana, lá disse que ‘sim senhor, estávamos no caminho certo… é já ali à frente…’

Mais uma sequência interminável de retas… passámos Vila Fernando e a Terrugem, passámos por cima da A6...

‘como assim? Aquilo é a A6?… tu queres ver que a A6 passa junto a Vila Viçosa e o GPS não me disse??? Eu podia vir sempre em autoestrada e ando aqui às voltas???’

Responde Sra. Minha Mãe que vem sempre muito caladinha… ‘podias vir em autoestrada, mas não era a mesma coisa… não conhecias a Barbacena, nem a Terrugem… assim é muito mais bonito... eu gosto mais assim!’

Lá chegámos a Vila Viçosa a tempo de integrar a visita guiada ao Palácio, das 11 horas.

Ao que aprece entrámos na Vila pelas traseiras, por assim dizer. Fizemos os últimos quilometros na companhia de um carro de matricula espanhola que... ou muito me engano ou também estava a ser guiado pelo GPS.

Segunda desilusão: os antigos não batiam bem da cabeça… faziam casas com algumas 50 assoalhadas, salas atrás de salas e o quarto do rei tinha uns miseráveis 10m2 (DEZ METROS QUADRADOS… o quarto DO REI!)

...

Almoçámos na ‘Taverna dos Conjurados’. Serviço um pouco demorado, mas tudo muito bem confecionado. O dono é o verdadeiro anfitrião, preocupado em prestar um bom serviço, com qualidade, sempre com explicações sobre a origem das receitas e as castas dos vinhos, etc… recomendo.

...

Saímos de Vila Viçosa, pela porta da frente, e foi... um tirinho até entrármos na... A6, em direção a Lisboa!

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D