Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Só tenho ideias brilhantes!

As pessoas da minha idade (mais de 40 anos) devem lembrar-se dos primeiros hipermercados que abriram em Lisboa. Se bem me lembro foi o Jumbo de Alfragide.

A minha avó Deolinda morava em Benfica, por isso, houve uma altura em que um almoço na casa da avó Deolinda, implicava uma visita a esse novíssimo antro de consumismo que era um HIPERMERCADO. Eischhh, aquilo tinha caixas que nunca mais acabavam…

Também me lembro do drama que era estacionar o carro no parque de estacionamento, não porque os lugares eram em número reduzido, mas porque os utentes do hipermercado não se davam ao trabalho de ir guardar os carrinhos de supermercado, nos locais criados para o efeito, e deixavam-nos espalhados por onde calhasse.

Logo os donos dos hipermercados tomaram medidas para educar os consumidores, com a instalação dos cadeados que só abrem com uma moeda. O consumidor, para reaver a sua moeda, tinha que guardar o carrinho no sitio criado para o efeito.

Aprendemos tão bem, que hoje em dia a maior parte de nós usa chapinhas de plástico para retirar o seu carrinho de supermercado, mas no final das compras vai guardar o carrinho, ainda que o prejuízo seja apenas uma simples chapinha de plástico… bem, pelo menos a grande maioria vai guardar, há e haverá sempre os ranhosos…

Chama-se a isto… ensinar civismo ao povo!

Tudo isto vem a propósito de outro flagelo da falta de civismo nesta Tugalândia: a utilização das áreas de refeição das grandes superfícies comerciais.

Quantas vezes assistimos à cena da família que vem com os seus tabuleiros cheios de comida e encontra várias mesas aparentemente disponíveis, mas onde está uma criatura sentada, tipo cão de guarda (é que rosnam e tudo!), à espera do resto da família, que está algures no fim de uma fila interminável para pedir o menu do hambúrguer… hã???

E ali andam magotes de pessoas às voltas com comida e outras tantas sentadas… sem comida!

Não sei como é com vocês… a mim dá-me vontade de sentar e comer no chão, numa espécie de circulo à volta dessas mesas, para impedir que o resto da familia se sente… (olha uma ideia espetacular para um FLASH MOB! )

A minha cabeça é um poço de ideias iluminadas, vocês sabem!

Deixo mais uma! Para quem quiser apanhar! Juro que não cobro direitos de autor!

Vamos lá ensinar civismo ao povo!

As zonas de refeição das grandes superficies comerciais passam a ficar numa zona vedada ao público.

Junto com os tabuleiros vem um passe (tipo chave de quarto de hotel, tão a ver?)… e depois é simples…

não tem cartãozinho… não senta o cuzinho!

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D