Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Só quem anda nos transportes públicos, me compreende! #23

Sabem aquelas senhoras cinquentonas, muito cinquentonas, que pararam no tempo e, por razões desconhecidas, continuam a pensar que têm 20 anos?

Há dias fiz uma viagem de metro com uma cinquentona dessas… estava sentada mesmo de frente para mim e foi… traumático! 

Reparei nela assim que se sentou à minha frente e se levantou para ver qualquer coisa no painel que está por cima das portas, com a rede de paragens do metro, e se voltou a sentar. Não havia como não reparar.

Tinha cabelo muito preto, comprido até à linha da cintura, o que já de si é de gosto muito duvidoso (para mim, cabelos compridos só em adolescentes e depende muito do estado de conservação), mas até aqui tudo bem, cada um com o seu gosto e se a sra. acha que tem idade para cabelos daquele tamanho, quem sou eu para dizer o contrário.

Onde os meus olhinhos ficaram foi no modelito.

O que é que a sra. trazia vestido? - perguntam vocês já em grande ansiedade…

Trazia UM CASACO. Sim… APENAS E SÓ um casaco.

Um simples casaco traçado que terminava exatamente onde terminava também a curvatura das nalgas (juro que ainda tentei perceber se por baixo existiam uns calções ou mini saia... não vi, nem vislumbre de uma pontinha... nada!).

Como estava sentada mesmo de frente para mim e porque o blazer teimava em abrir-se todo na zona do peito, consegui perceber que por baixo não havia sequer um simples top…

Como é que sei isso? Ora, porque lhe vi as mamas, pois claro!

#aiosmeusolhinhos

Como a senhora estava convencida que ainda tem 20 anos, também estava convencida que as suas maminhas ainda estão frescas e rijas e bonitas para se mostrar… só que não! As coitadinhas gritavam a bom gritar ‘nós somos cinquentonas’ e apontavam para sul, com toda a verticalidade.

A sra. podia ter posto um soutien robusto que lhe amparasse as pequenas, assim cheio de rendas e tal (há tantos, tão bonitos que até é uma pena andarem escondidos), mas não, resolveu segurar as pequenas num BIKINI, daqueles que só têm um fiozinho para atar atrás do pescoço… de forma que as pequenas lá iam, ao pendurão!

Juro que já não tive coragem de olhar para os pés… os meus olhinhos já sangravam.

Saiu, muito fresca e fofa e segura de si, na Baixa Chiado e foi tratar da vida…

...

Roam-se pessoas que andam de carro para todo o lado, têm uma vida muito mais triste do que a minha… não vê cenas destas!

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D