Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Só quem anda nos transportes públicos, me compreende! #18

Apanho o autocarro à porta de casa. Como sempre, vem cheio. É uma carreira que dá a volta ao Barreiro todo e até parte do concelho da Moita. Quando chega à minha paragem já vem na reta final do trajeto. O motorista de hoje abriu as portas de trás para que mais pessoas pudessem entrar e nós aproveitámos.

O trajeto até à estação são 5 minutos, um pouco mais se o trânsito e os semáforos da entrada da estação não cooperarem… hoje não cooperaram. Tenho uma senhora junto a mim que entrou na mesma paragem que eu, estava um pouco incrédula com o facto do autocarro estar tão cheio. Lá expliquei à Sra. que o autocarro vinha muito cheio porque aquela carreira já vinha da Baixa da Banheira e parte do Vale da Amoreira, ficou com uma expressão quase agoniada…

 

Era uma senhora que gostava de conversar… gostava muito de conversar, por isso, em 5 ou 6 minutos fiquei a saber:

… que morava em Oeiras, mas agora estava no Barreiro, nas palavras dela passou do ‘80 para o 8’...

Ai as coisas que o Isaltino pôs na cabeça dos oeirenses… estão mesmo convencidos que morar em Oeiras é a mesma coisa ou mesmo muito melhor que morar em Alvalade ou em Telheiras!!!! Foi aqui que percebi a expressão agoniada… se na sua cabeça o Barreiro é o 8, então a Baixa da Banheira deve ser um -8 e o Vale da Amoreira um -80.

... que na Moita, porque ela já tinha morado na Moita, havia carreiras de autocarro pela Ponte Vasco da Gama, mas lá está o passe é muito caro... há 2 ou 3 anos que o comprou já custava 118€ e claro as pessoas preferem vir pelo Barreiro...o passe é muito mais barato.

… que tinha um apartamento por trás da escola de Santo André, mas queria encontrar um na Verderena para ficar mais próxima da estação, mas tinha que ser um R/c, no máximo 1º andar, porque já se sabe que depois é muito alto para subir com as compras e se o prédio tiver elevador o condomínio dispara…

 

Pausa para respirar...

Tocou o telefone da Sra.

Atendeu.

Era o filho…

‘pois, vais tu aí montado na carrinha BMW da tua mãe e a tua mãe com 60 anos vai aqui num autocarro que já vem da Baixa da Banheira… ai, filho, não que depois tinha que deixar a carrinha naquele parque cheio de lama, não… não’

 

Graças aos céus o motorista passou o sinal naquela fase que gosto de chamar ‘verde-tinto’ e chegámos à estação…e a Sra correu para apanhar o barco... e eu descansei os ouvidos!

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D