Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Parabéns RTP!

Voltei… voltei, pessoas queridas!

Ainda ontem estava de papo para o ar, mas hoje já estou na labuta.

Foram três semanas que deram para tudo: houve praia suficiente para ganhar uma corzinha de verão (não houve muitos banhos de mar, porque a temperatura da água não permitiu), houve passeios, não houve ginásio (amanhã vai doer tanto…), houve um casamento e também houve um funeral.

Até houve uma coisa, que já não me lembro que houvesse há muito tempo: algumas tardes a babar à frente da televisão.

Confesso que não ligo muito à televisão. Em minha casa a televisão funciona mais como ‘algo que está ali a fazer um barulho’, serve mais para cortar o silêncio do que outra coisa qualquer.

Quando ligo a televisão em casa é quase sempre nos canais por cabo. Há muito tempo que deixei de ver os canais nacionais de sinal aberto. Dei comigo cada vez mais irritada com os programas da SIC e da TVI, a exploração do choradinho fácil, os advogados que, com relato de apenas uma das partes, analisam, julgam e aplicam a pena em praça pública, as palhaçadas dos apresentadores aos gritos, as novelas com enredos esticados até ao limite… é de vómito!

Mas, nestas semanas dei comigo agradavelmente surpreendida e verdadeiramente ENTRETIDA a ver televisão, num canal nacional de sinal aberto.

Parabéns RTP, pelo programa dedicado ao ‘Turismo em Rede’.

Um conjunto de apresentadores, muito simpáticos e excelentes comunicadores, passou por todas as regiões de turismo do país, com espaço para conversas e música, de forma leve e descontraída, como se quer numa altura em que metade do país está a banhos (até a parte dos beijinhos me divertia… ‘beijinho prá minha tia que está no Canadá’ … ‘beijinho pró meu netinho que está na França…’).

Empurrada por este programa, acabei por ver muita RTP, por estes dias. Dei comigo a gostar de ver o ‘Portugal em Direto’ (não me escandaliza nada o ‘… até amanhã, se Deus quiser’), o ‘Preço Certo’ (que, para mim, baterá sempre aos pontos uma Cristina Ferreira aos gritos, mesmo quando os concorrentes trazem metade do fumeiro da terra, mais três caixas de bolos e o galhardete da Junta de Freguesia, da Câmara Municipal e da banda filarmónica para oferecer ao Gordo), o Joker, o programa do Herman José ou as 7 Maravilhas…

É entretenimento, sem exploração de sentimentos, com alguma dose de cultura e transmissão de saberes.

Tenho muita pena que a RTP não tenha mais audiências. Tenho pena que continuemos a ser um povo (nisto, não somos diferentes dos outros países) levado pelos conteúdos fáceis da ‘televisão em movimento’, que espremidos não deitam sumo nenhum.

Na parte que me toca posso dizer: este verão, a RTP reconquistou-me!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D