Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Fui ao zoo de Lisboa... e não gostei!

Há uns três ou quatro anos fui com a famelga toda ao Zoomarine. Sobrinha Mai’Linda era pequena e andou todo o dia encantada com os espetáculos dos golfinhos, das focas, dos leões marinhos, até com as piscinas (que cheiravam a lixivia que metiam dó… a água era amarela… bhlec…).

Andei todo o dia com uma sensação estranha. Em cada espetáculo que assistia… tudo aquilo era estranho… ver aqueles animais a fazer gracinhas para os humanos… estava incomodada…

Este verão fui ao Zoo de Lisboa. Outra vez a mesma sensação desagradável...

Não achei exagerado o preço da entrada… se pensarmos que é preciso pagar ao pessoal, manter o espaço limpo, alimentar e dar cuidados veterinários àqueles animais todos… então os 22€ são um preço justo, e também não foi o facto de o espaço estar em obras que me incomodou (se bem que eu fui a um dia de semana e não se via lá ninguém a trabalhar…).

O que mais me deixou aflita foi a apatia dos animais… é verdade que eu fui ao fim da manhã, estava calor e também não é suposto os bichos estarem a fazer macacadas para os visitantes, mas ainda assim… os bichos estavam ali em… exposição…

Eu acho que a apatia deles, em parte, se devia à gritante falta de espaço do Zoo e não haver uma maior distância do público.

Entra pelos olhos dentro. O Zoo de Lisboa não tem espaço para ter aquela quantidade de animais. Estão todos amontoados e nem sempre nas melhores condições (por exemplo, os pinguins são animais preparados para o frio, muito frio do Polo Sul, não seria suposto estarem num ambiente mais protegido e, sobretudo, arrefecido e não ao sol de um dia de verão em Lisboa?).

Ainda vimos o espetáculo dos golfinhos… outra vez a mesma sensação de tristeza… ver aqueles animais lindos a fazer habilidades, com hora marcada, apenas para podermos bater uma palmas (já para não falar na parte em que criancinhas vão à beira da piscina para fazer festas aos bichos...)

Falamos muito dos animais do circo… que é impensável ter leões e elefantes enjaulados para nosso entretenimento… acho que está na hora de incluirmos os animais do zoo no mesmo lote.

Eu sei que os Zoos têm cada vez mais uma vertente de preservação das espécies em vias de extinção, que deve ser mantida, mas acho que está na hora de mudar a nossa mentalidade e a forma como olhamos para os Zoos. Não podemos permitir que um Zoo continue a ser um mero espaço de exposição de animais, para nosso gozo e, principalmente para o Zoo de Lisboa, é urgente dar mais condições, sobretudo mais espaço às espécies que têm ou então ter menos espécies…

Há mais de 20 anos que não ía ao Zoo... não sei se volto...

Outra coisa que me arrepiou (lá vou eu bater na mesma tecla)… foi a falta de civismo das pessoas.

Placas por todo o lado ‘NÃO ALIMENTE OS ANIMAIS’, mas havia sempre alguma criatura a dar batatas fritas, bolachas, principalmente aos macacos que são conhecidos por serem mais afoitos. No fim do espetáculo dos golfinhos pedem para abandonar o recinto, mas sem nos aproximarmos do vidro do tanque… o que é que a malta faz… tudo para cima do tanque… mãos no vidro do tanque…

Se nem ordens simples como estas as pessoas cumprem, regras básicas que existem apenas para tentar dar algum bem-estar aos animais, estamos muito longe de conseguir mudar mentalidades quanto à função de um Zoo…

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D