Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Este é direitinho para quem manda na Câmara de Lisboa!

PARA QUANDO UMA FAIXA BUS NA ENTRADA DA PRAÇA JOSÉ QUEIRÓZ

(para quem vem da Ponte Vasco da Gama)?

Será assim uma obra tão difícil?

O espaço está lá, à direita...

Levo mais tempo a fazer os metros que separam a saída da Ponte Vasco da Gama até entrar na dita Praça,

do que levo para fazer os quilometros todos desde a porta de minha casa (no Barreiro) até à saída da Ponte...

Aquele semáforo à entrada da praça É UM ABSURDO, É UM GARROTE!

(passam 3 ou 4 carros de cada vez que abre)

Para o tuga não basta vender passes mais baratos. Nem com passes gratuitos, o tuga larga o carro em casa.

Temos um povo que encara a utilização de transportes públicos como uma despromoção social.

A quantidade de carros à volta do meu autocarro só com uma pessoa lá dentro... é inadmissível!

Para mim era muito fácil: não querem usar um passe de 40€ então pagam 80€ se querem entrar na cidade com o carro!

Ainda há dias a Cóco fez um post a dizer que vai passar a levar a filha à escola de bicicleta e foi a loucura nos comentários...

'como é que vais fazer quando chover???'

Foi de tal ordem que teve que fazer um segundo post só para explicar às pessoas que, quando chove, o que cai do céu é água... só água... não é ácido sulfúrico!

Mas lá está, tudo serve de desculpa para tirar o carro da garagem... os filhos, a chuva, o sol, o vento...

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Maria 25.09.2019 14:41

    “Andar mais uns metros e escolher outra paragem” pode não ser uma escolha porque ela pura e simplesmente não existe. No caso da zona onde moro, no centro de Lisboa por incrível que parece, ela é servida exatamente por um autocarro, por acaso passa perto de onde trabalho e era o que apanhava, no regresso não tinha a paragem em frente e tinha que apanhar dois autocarros. A estação de metro e comboio mais próxima de casa fica a 1km, o que não sendo impossível de fazer torna-se pouco pratico com malas, marmitas e computadores, para não falar de condições meteorológicas. Acrescentando trânsito, atrasos, supressões, e qualidade e tempo de vida que se ganha, o transporte público não é solução no meu como sei que não é noutros casos similares.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Blogs Portugal

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Facebook

    Follow

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D