Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Este é direitinho para quem manda na Câmara de Lisboa!

PARA QUANDO UMA FAIXA BUS NA ENTRADA DA PRAÇA JOSÉ QUEIRÓZ

(para quem vem da Ponte Vasco da Gama)?

Será assim uma obra tão difícil?

O espaço está lá, à direita...

Levo mais tempo a fazer os metros que separam a saída da Ponte Vasco da Gama até entrar na dita Praça,

do que levo para fazer os quilometros todos desde a porta de minha casa (no Barreiro) até à saída da Ponte...

Aquele semáforo à entrada da praça É UM ABSURDO, É UM GARROTE!

(passam 3 ou 4 carros de cada vez que abre)

Para o tuga não basta vender passes mais baratos. Nem com passes gratuitos, o tuga larga o carro em casa.

Temos um povo que encara a utilização de transportes públicos como uma despromoção social.

A quantidade de carros à volta do meu autocarro só com uma pessoa lá dentro... é inadmissível!

Para mim era muito fácil: não querem usar um passe de 40€ então pagam 80€ se querem entrar na cidade com o carro!

Ainda há dias a Cóco fez um post a dizer que vai passar a levar a filha à escola de bicicleta e foi a loucura nos comentários...

'como é que vais fazer quando chover???'

Foi de tal ordem que teve que fazer um segundo post só para explicar às pessoas que, quando chove, o que cai do céu é água... só água... não é ácido sulfúrico!

Mas lá está, tudo serve de desculpa para tirar o carro da garagem... os filhos, a chuva, o sol, o vento...

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Engraçadinha 23.09.2019 12:35

    Eu acho que posso generalizar. Ambas sabemos que a situação que se passa contigo não se passa com a maior parte das pessoas que usam carro todos os dias.
    Quando a minha irmã começou este novo trabalho, começou por vir de autocarro. Perdia mais de uma hora por dia só para fazer o trajeto Gare do Oriente / Portela de Sacavém. Agora partilha carro com mais 4 colegas que também moram na Margem Sul. É a diferença entre chegar a casa pelas 17:45 ou chegar a casa depois das 19h00. Para este tipo de situações (parece que é o que se passa contigo) está mais do que justificada a utilização de carro próprio. Mas sabemos que isto não se verifica sempre. A maior parte das pessoas que pega no carro todos os dias é por puro comodismo. É sobejamente conhecido e notório o desanuviar do trânsito entre o dia 12, 15 de cada mês, e a última semana do mês, o que demonstra que muita gente tem alternativas ao carro.
  • Sem imagem de perfil

    Maria 23.09.2019 17:33

    Esta situação é bem mais habitual do que se possa pensar. Ou a pessoa mora e trabalha à porta de uma estação na mesma linha, seja metro bus ou comboio, ou por vezes fica muito mais rápido fazer o trajeto de carro. Foi o meu caso, morando (centro) e trabalhando em Lisboa (perto do parque das nações) e por isso fazendo um pouco o movimento contrário ao trânsito na hora de ponta, mesmo assim ganhei em média duas horas por dia por mudar de transportes públicos para carro. Isto porque a rede de transportes públicos que serve a cidade é má e está mal desenhada. Muitas vezes fica mais fácil para quem vem de fora do que para quem já cá está. Lembro-me de na faculdade (mais uma vez morava no centro e ia para fora, neste caso Benfica), as minhas colegas de Almada chegarem mais rápido à faculdade do que eu.
  • Imagem de perfil

    Engraçadinha 23.09.2019 18:02

    Olá Maria,
    não me soltes a língua sobre os acessos à Expo (já escrevi aqui https://naosejasengracadinha.blogs.sapo.pt/oh-senhores-do-metro-de-lisboa-181836). Cada vez que vejo um 782 da Carris a passar com a palavra EXPRESSO no letreiro só me apetece agarrar num pau e partir aquilo tudo (um 'expresso' que para em todas as paragens e apeadeiros entre o Beato e Cabo Ruivo… ridículo!)
    Tens razão. Eu costumo dizer que o meu problema não é morar no Barreiro. O meu problema é circular em Lisboa. Num dia normal, sem stress, levo 30 minutos de casa ao Terreiro do Paço, mas levo 50 minutos para ir do Terreiro do Paço até à Expo. Mas ainda assim, mantenho o que disse, há muita gente que não precisava de trazer o carro para Lisboa.
  • Imagem de perfil

    Ricardo Nobre 23.09.2019 20:49

    Do Terreiro do Paço para o Oriente, o melhor é ir de metro para Santa Apolónia e apanhar o comboio para a Azambuja.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    imagem de perfil

    Blogs Portugal

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Facebook

    Follow

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D