Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Comfy is the new black!

Já vos tinha dito que a minha relação com a roupa mudou muito com esta pandemia.

São várias as minhas peças de roupa que não viram a luz do sol nestas ultimas estações, porque estou em casa.

Comecei em março cheia de medo do que me diziam do teletrabalho… não nos podemos desmazelar, andar todas trongas, é preciso levantar de manhã e vestir roupa adequada ao trabalho, não é preciso pôr saltos e collants, mas é proibido ficar de pijama ou fato de treino.

Pois, pois!

Cheguei a novembro… basicamente já só tenho UM mínimo… não me sento a trabalhar sem soutien, de resto a minha regra é “se a parte de cima estiver apresentável para as videoconferências, não interessa muito o que tenho nas pernas”. Por estes dias já cheguei a ter uma mantinha nos joelhos... a bem da verdade, por estes dias até já fiz algumas reuniões virtuais com o meu robe vestido – aquelas onde só estão colegas, sem superiores ou gente de fora! - que esta minha casa não perdoa... geladinha que só ela!

Para minha grande tristeza dou por mim a comprar calças “com pelinho por dentro” e sweats e camisolas grossas de lã para o Inverno que se avizinha… às vezes ainda me entusiasmo por um vestido ou por um par de calças de vinco, que gosto tanto, mas largo… não vale a pena.

O que me vale é que mesmo as lojas que adoro, também estão a adaptar-se a esta nova filosofia. Agora todos os sites têm a secção do “Comfy” e mesmo as lojas físicas estão a mudar. Entrei com Mana Querida na Zara do Forum Montijo... 60% da roupa exposta eram calças de fato de treino ou de malha, camisolões e casacos de malha grossos, pouco se viam vestidos ou camisas.

Como acho uma roubalheira pedirem 40 ou 50 euros por umas calças “confortáveis”, estou a ficar profissional em lojas onde antes só entrava “se fosse mesmo preciso”, como aquelas grandes superfícies dedicadas ao desporto, onde consigo comprar as mesmas calças por… 10€.

É oficial, meus queridos, “Comfy is the new black!”

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D