Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Oh pessoas... tenham juízo!

Já sabem que agora utilizo o autocarro dos TST para vir trabalhar.

Antes dos novos passes, os TST cobravam um passe específico, só para esta carreira, que custava a módica quantia de 120€ (ouvi hoje). Agora, com o passe único de 40€, a malta não pensou duas vezes, vai tudo para o trajeto que tem menos transbordos (a juntar à confusão instalada nos barcos da Soflusa...). Os autocarros começaram a  ficar cheios na 2ª ou 3ª paragem. Os passageiros da Moita começaram a ficar apeados.

Os TST já responderam ao aumento da procura e, desde 2ª feira, reforçaram o número de autocarros. Agora, entre as 6h30 e as 8h30 há um autocarro a cada 10 minutos. Mesmo assim, os autocarros andam muito cheios. Os passageiros da Moita continuam a ter dificuldade em entrar.

Para mim, a solução passa por reclamar junto dos TST e pedir que parte dos novos horários passe a iniciar o trajeto na Moita e não no Vale da Amoreira.

Mas  isso é... para mim e para mais alguns passageiros... porque depois há os outros passageiros... que em vez de reclamar mais e melhor serviço dos TST... reclamam das... pessoas!

Tenho ouvido tanto disparate por estes dias... histórias de bradar aos céus:

- Abaixo-assinados a pedir o retorno dos passes antigos (os tais dos 120€), numa lógica de 'quando os passes eram caros, a carreira dava para nós... então que voltem...'

- Tentativas de bloqueio de estrada, para não deixar passar os autocarros, com frases de ordem do tipo 'se não consigo ir trabalhar, então vocês também não vão...'

- Pedidos à TST para que a carreira deixe pura e simplesmente de iniciar o trajeto no Vale da Amoreira... (o Vale da Amoreira é o bairro 'problemático' do concelho da Moita que fica muito encostado ao concelho do Barreiro, como todos os bairros 'problemáticos' tem muita gente que não interessa a ninguém, mas também tem muitas familias de gente trabalhadora e honesta, que só querem ir trabalhar e sustentar os filhos), num lógica de 'os arruaceiros estão servidos e nós, pessoas honestas, ficamos a vê-los passar...'

 

Sabem o que vos digo... as pessoas são más! São mesquinhas umas para as outras...

Ontem, dei mais um passo

Quando eu e o meu Paulo comprámos a nossa casa, tínhamos muitas ideias sobre o que queríamos ou gostávamos de ter em termos de espaço e comodidades. Uma das coisas que queríamos mesmo ter era um bichinho destes:

smeg.jpg

Vermelho, pequenino… tão lindinho!

A casa tinha cozinha equipada. Tinha um frigorífico encastrado, mas nós já sabíamos que os congeladores dos frigoríficos encastrados são, por norma, muito pequenos, ia ser pouco para as nossas necessidades, eramos três pessoas em casa, fazíamos compras de talho e peixaria para o mês todo e, além disso, nós queríamos taaannto um vermelhinho destes…

Um dia, estávamos na InterCasa, na FIL, e passamos por um stand de uma loja de eletrodomésticos que tinha em exposição a linha completa destes eletrodomésticos. Perguntámos o preço do frigorífico… estavam a fazer preço de feira… uns 300€ abaixo daquilo que me pediram numa loja no Barreiro… não pensámos duas vezes!

Pedimos ao construtor que substituísse o frigorífico de encastrar por uma arca congeladora vertical de encastrar… et voilá, ficámos com o nosso vermelhinho e com a questão do espaço de congelação resolvida.

A arca andava a precisar de ser descongelada. Ontem de manhã, depois de voltar a lutar com as gavetas, lá me convenci a tratar do assunto…

Depois de limpa, decidi não voltar a ligar…

Já há algum tempo que andava a pensar que era um desperdício de energia ter uma arca congeladora de 6 gavetas ligada… para apenas uma pessoa. Acho que já estou naquela fase em que defini as minhas rotinas. Já não faço compras 'ao mês', agora é 'semana a semana', por isso, acho que o mini-congelador do meu vermelhinho é suficiente para mim.

Ontem dei mais um passo nesta minha mudança da ‘nossa casa’, para a ‘minha casa’.

Ser da margem sul... muito melhor que isso, ser do BARREIRO!

Por estes dias, já todos ouviram falar dos problemas com a ligação fluvial entre o Barreiro e Lisboa. Faltam barcos na frota, faltam recursos humanos, falta dinheiro… só não faltam passageiros.

As últimas semanas foram duras para quem faz a travessia do Tejo na Soflusa, culminando, ontem e hoje, com uma greve nas horas de maior trafego.

Só que, lá está, agora a malta tem os novos passes no bolso e pode escolher… e se há coisa que o pessoal do Barreiro tem… é escolha. Em vez de ir para a estação dos barcos, em dias de greve, os barreirenses sabem que podem ir para o Vale da Amoreira, apanhar o autocarro dos TST, ou para Coina, apanhar o comboio da Fertagus. São transportes que servem os concelhos limítrofes do Barreiro (Moita, Seixal, Almada), mas começam no Barreiro.

Ontem vim de comboio e regressei no autocarro. Hoje vim no autocarro e logo se vê como vou regressar. Ontem ouvi coisas deliciosas das pessoas que vivem nos concelhos à volta do Barreiro.

Logo de manhã, estava o comboio em Corroios (Almada/Seixal), entra uma criatura já completamente alucinada a falar ao telemóvel ‘…estas pessoas do Barreiro, ficam sem barcos e vêm pr’aqui e depois as pessoas que moram aqui não conseguem entrar no comboio…’

De tarde no autocarro vinha outra criatura, da Moita, muito zangada porque ‘… é inadmissível, porque o autocarro enche no Barreiro e nós ficamos sem nada, não conseguimos entrar…’.

Barreirenses… a dominar a arte de fazer amigos!

Eu lá vou… sentadinha, faço como os pinguins… sorrir e acenar.

 

Deixar uma palavra de apreço aos Transportes Coletivos do Barreiro, pelo respeito que tiveram com os seus passageiros. Souberam ajustar as carreiras existentes e reforçaram a carreira que serve a estação de Coina da Fertagus. MUITO BEM!

Eu... sou mais cremes!

Sou daquelas que gosta de tomar banho à noite (como diz uma prima… a malta tem que se livrar da bicheza que se agarra a nós durante o dia, antes de irmos para as nossas camas… não é tomar banho de manhã e deixar a bicheza toda do dia anterior nos lençóis…) e gosto de me besuntar em leite corporal depois do banho, mesmo que estejam 10º de temperatura ambiente, não visto o pijama sem antes me esfregar toda em creme.

Sou daquelas que tem o creme de rosto da noite, do dia, mais o leite de limpeza e o tónico facial, o sérum e a bisnaga do cremezinho para colocar à volta dos olhinhos… e ponho tudo (bem… tudo, tudo, tuuudo… só às vezes!).

Sou daquelas que nas noites de verão só se deita depois de colocar creme nos pés, para os calcanhares não ficarem muito secos e feios nas sandálias, e também tenho no trabalho uma bisnaga de creme de mãos, porque no inverno, com o vento frio, têm tendência a ficar muito secas.

Sou daquelas que se perde nos corredores dos cremes e das loções, nos supermercados e nas farmácias. Sou daquelas que ADORA tudo o que seja tratamentos de estética de corpo e rosto e fico encantada por ficar uma hora numa marquesa com uma pequena a pôr e tirar cremes. Adoro quando me perguntam ‘posso colocar este hidratante…’, só me apetece gritar ‘ponha…ponha…ponha!’

Sim, pessoas… eu… sou mais cremes, mas também sou… muita esquisita com os cheiros perfumes!

Para mim, os cheiros só devem existir em três produtos: nos perfumes, nos sabonetes e nos champôs… e mesmo assim têm que ser muito bem escolhidos. Por exemplo, na saboneteira do lavatório só tenho sabonete de glicerina, porque, lá está, não tem cheiro (odeio lavar as mãos antes de ir para a mesa e cada vez que levo o garfo à boca sentir o cheiro do sabonete de rosas…). Perguntem a Mana Querida o desespero que ela passa quando a minha lista de compras inclui ‘amaciador para a roupa’… normalmente os que têm cheiros que me agradam custam o dobro dos €€€ dos outros que têm cheiros que me fazem tombar…

Todos os meus cremes, detergentes da loiça, da roupa são sempre ou SEM PERFUME ou têm um perfume que, em caso algum, se pode sobrepor ao MEU PERFUME (nem vos falar na novela que é comprar um perfume para mim…).

Já podem imaginar o meu estado de nervos com as coisas inenarráveis que vejo pelos corredores dos supermercados desta vida e cadeias de lojas que só vendem cremes com cheiros absurdos. A sério, pessoas, digam-me, quem é que, estando no uso pleno das suas faculdades mentais…

… quer lavar a loiça com um detergente que cheira a TANGERINA, ou FRUTOS VERMELHOS?

… quer usar um gel de banho com cheiro a CHOCOLATE ou MORANGO?

… se quer besuntar um leite corporal hidratante com cheiro a BA-NA-NA ou BAU-NI-LHA?

Credo!

Pág. 1/3

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D