Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não há duas sem três… e eu já estou a tremer!

Já vos contei que eu, Mana Querida e Sobrinha Mai’Linda fazemos anos na semana que antecede o Natal. Srs. Meus Pais já sabem que o mês de dezembro é para gastar… não vale a pena ter ilusões!

Por isso, de há uns anos para cá, numa tentativa de controlar a despesa, em vez de perguntar o que queremos de prendas, fixam um orçamento… a que nós carinhosamente chamamos ‘o budget’:

‘Não me interessa o que querem comprar, o valor é X para cada uma de vocês e Y para a menina… anos e natal… agora façam como entenderem!’

Por norma gosto de comprar aquelas coisas que não se compram todos os dias: o frasco de perfume, uma bijuteria mais cara, aquela mala linda, mas cara, o relógio, aquele sobretudo mais carote... mas este ano, não!

O meu aspirador resolveu finar-se de vez… ainda tentei, mais uma vez, aplicar umas manobras de reanimação, mas o bicho já tem 17 anos e ao que parece já é difícil encontrar peças para o consertar… de maneiras que boa parte do meu budget foi aplicado num ASPIRADOR (eu sei que não me posso queixar e, no meu caso, um aspirador também é um bem de USO PESSOAL, afinal de contas sou só eu que o utilizo lá em casa, mas comprar um aspirador como prenda de Natal, em vez de um frasco de perfume do bom…).

De modos que o meu budget está, por esta altura do ano, já devidamente compartimentado, compromissado, cabimentado… sem folgas!

Ontem cheguei a casa e vou pôr umas peças de roupa na máquina de secar (a minha máquina é daquelas que lava e seca)… programo a bicha… carrego no botão… e não é que a estúpida da máquina, baralhou os circuitos todos e em vez de começar a secar, começa a meter água para lavar???

PARVALHONA DA MÁQUINA!

Lá me pus de joelhos no chão a falar-lhe ao ouvido… ‘que linda tu és, por dentro… és muito feia, mas é só por fora, tens um coração enorme, máquina... nunca me falhaste… eu sei que és capaz de te aguentar mais um ano, tu és uma máquina forte… uma relação de 11 anos não pode terminar assim… tão de repente!’

E pronto… ao que parece, no próximo Natal também não vou comprar um frasco de perfume do bom.

O meu budget do Natal de 2019 também já começa a estar cabimentado!

E como diz o povo… ‘não há duas sem três’… para onde irá o budget do Natal de 2020?

Da série ‘coisas que me encanitam o espírito’!

Vocês sabem que eu gosto é do frio.

Vocês sabem que o meu lema de vida é ‘o verão só serve para estar de férias e secar a roupa’.

Eu percebo que nem todos pensem como eu. Eu sou uma encalorada… qualquer coisinha me põe logo o suor a escorrer pelas costas, mas percebo que haja pessoas friorentas.

Dito isto, expliquem-me por favor:

ESTÁ FRIO?

Para quem, como eu, mora na zona de Lisboa, nesta semana que chega hoje ao fim... ESTEVE FRIO?

Que me digam que as manhãs estão frescas até posso concordar. Mínimas de 10º / 12º, mas à hora do almoço estão 18º / 20º

V I N T E   G R A U S!!!

Então porque é que eu saio à rua, à hora do almoço e vejo resmas… paletes… de gente com MANTAS enroladas no pescoço… GORROS de lã enfiados até às orelhas… casacos compridos todos fechados até cima… GOLAS altas…

CRIATURAS DE DEUS!!!

Como é que saem à rua em janeiro?

Até se me dá afrontamentos!!!!

As botas da neura

botas.png

Comprei estas botas, na Zara, há uns 2 ou 3 anos.

Entrei na loja do CC Vasco da Gama e foi amor à primeira vista. Calcei-as no provador e só pensei ‘porra, são um bocadinho caras, mas são tão felizes’ (e eu, há 2 ou 3 anos, mais do que nunca, precisava muito de coisas que me fizessem sentir bem-disposta).

Não sei bem porquê, mas o ano passado ficaram um bocadinho esquecidas no fundo do roupeiro. Esqueci-me que são as minhas ‘botas da neura’… sabem aqueles dias em que acordamos com aquela nuvenzinha negra a querer instalar-se… dias em que não sabemos bem o que nos chateia… só sabemos que queremos ir de férias por 6 meses… pois, esses dias!

Hoje acordei num desses dias.

Enquanto me vestia, bati com os olhos na botas e lembrei-me…

Voltei a calça-las… olhei-me ao espelho… ficam um bocadinho acima do joelho e as franjas a dançar…. Fico com um ar, assim… de mosqueteira, tão a ver! Nada me detém… Estas franjas têm o poder de enxotar TUDO, pessoas! A mosca, o mau olhado e até as nuvenzinhas negras.

7h30 da manhã.

Cheguei à paragem do autocarro, com as minhas franjinhas a dançar… estava lá uma velhinha que me viu chegar… não disse nada, mas a expressão da sua cara fez-me ganhar o dia:

“ai coitadinha…pró que lhe havia de dar!”

Depois de me terem chamado 'Velha do Restelo' e 'burra'...

… a ver se consigo explicar o meu ponto de vista… começo por dizer, alto e bom som…

‘EU NÃO SOU CONTRA A REALIZAÇÃO DA WEB SUMMIT EM PORTUGAL’, que fique bem claro nessas cabeças tecnologicamente avançadas!

O que me chateia os neurónios são as condições em que a coisa é feita, a total falta de consideração da Câmra de Lisboa e do Governo, pelos habitantes e trabalhadores do Parque das Nações. Eu também já tive um tempo em que adorava ir ao Parque das Nações namorar com o meu marido, à beira rio… e adorava ir à Intercasa, na FIL, mesmo sendo dificil estacionar o carro… sabem porquê? Porque não tinha que vir para o Parque das Nações TODOS OS DIAS!

Sinceramente estou-me nas tintas para que me chamem ‘velha do restelo’ ou mesmo ‘burra’. Eu sou só uma mera trabalhadora que um dia viu a sua vida de pernas para o ar, quando a sua entidade patronal decidiu sair do centro de Lisboa (zona da Av. de Roma) e mudar-se para o Parque das Nações. Sou só uma pessoinha insignificante que todos os dias leva UMA HORA em transportes públicos (seja metro ou autocarro), para fazer o trajeto da Baixa até este antro de modernidade e sofisticação que é o Parque das Nações.

Nem de propósito, há uns tempos li uma notícia do Expresso, publicada por ocasião dos 20 anos da Expo 98, com uns números muito interessantes.

O Parque das Nações tem 31 mil residentes, recebe todos os dias 30.000 trabalhadores (é a zona do país com maior concentração de sedes de empresas) e 10 hotéis em funcionamento (mais 2 em constrição e 3 em projeto).

A juntar a estes números temos ainda o Altice Arena com 121 eventos por ano (recebe 600 mil pessoas / ano), a FIL com 50 eventos por ano, incluindo 30 feiras (recebe 1 milhão de visitantes / ano) e ainda a Gare do Oriente com 150 mil passageiros diários.

Não fui que inventei, é o Expresso que o diz…

Da Baixa para o Parque das Nações temos UMA única linha de metro, por acaso é a mesma que serve o aeroporto (ou seja, tudo quanto é turista que deambula pelas ruas de Lisboa, chega e sai por esta linha de metro) e DUAS carreiras de autocarro… como dizer… um bocadinho menos demoradas (só um bocadinho… com paragens em tudo quanto é chafarica). As únicas pessoas que conheço que não se queixam MUITO são as poucas que têm comboios diretos à Gare do Oriente (alguns da linha de Sintra e os que vêm do lado da Azambuja).

Toda esta gente está enfiada num gueto (quem conhece o Parque das Nações sabe que só se entra ou sai por três ‘portas’ possíveis – rotunda de Moscavide, a norte, torre da Galp, a sul, ou pela Gare do Oriente, ao centro). Toda esta gente gira em torno de uma única Avenida, a D. João II, já devidamente entupida em dias ‘normais’, mas que a Câmara de Lisboa não tem pejo em entupir ainda mais por ‘dá cá aquela palha’:

Eurovisão? Oh meus queridos, em Lisboa, pois claro… fecha-se a Alameda dos Oceanos!

O Aga Khan quer celebrar em grande o seu reinado? Oh meus queridos, em Lisboa, pois claro... fecha-se a Alameda dos Oceanos!

Web Summit? Oh meus queridos, em Lisboa, pois claro… fecha-se a Alameda dos Oceanos!

Por tudo isto, podem chamar-me o que quiserem e dizer que ‘são só três dias’…

Não! Não são só três dias, são OS três dias em que tudo o que já é difícil de suportar, ao longo de todo o ano, é elevado à 10ª potência!

Tenho dito!

Vá, podem começar a encher a caixa de comentários com nomes feios....

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D