Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Vou de férias...

Aliás, vocês até já deviam descofiar disso... Nestes últimos dias, olharam para o tempinho de m**** que temos tido e devem ter pensado:

'Humm... com um tempo destes em agosto... a Rita deve estar para ir de férias!'

BINGO!

Estou em contagem decrescente. Só falta hoje e amanhã.

Os entregadores de gasóleo não se entenderam e, por isso, o plano do passeio no Alentejo já foi por água abaixo.

Pela primeira vez em cinco anos vou passar as férias em casa.

Não é coisa que me incomode, já tinhamos um plano de contigência...

Vamos tentar passear um bocadinho de transportes públicos (tanta coisa perto de casa que não conhecemos), vamos experimentar restaurantes que queremos ir e nunca vamos, e, se o S. Pedro permitir, vamos ver se conseguimos uns dias de praia na nossa Costa da Caparica...

O plano agora é: pelo menos na primeira semana não fazer a ponta de um chavelho em casa (quero ver se nem a cama faço...)

Eu sei que ando um pouco desaparecida, mas nas próximas duas semanas vou mesmo desaparecer.

Lá para o fim de agosto estarei de volta!

 

Não podia ir de férias sem vos contar mais uma cena linda a que assisti hoje, na estação do metro do Saldanha.

Uma pequena na plataforma do metro. A pequena estava de KISPO, daqueles que ficam abaixo do rabo, com o gorro e os punhos todos cheios de pelo farfalhudo. Daqueles que por norma vestimos em janeiro, quanto as temperaturas mal passam dos 10º...

Vamos todos pensar no que leva uma pessoa, em pleno mês de agosto, vestir-se assim, num dia com uns chuviscos e com uma máxima prevista de 29º.

Começo eu:

Assinou contrato de trabalho como ajudante de Pai Natal e ainda hoje apanha o avião para a Lapónia!

 

Pais divorciados dos filhos

Oiço tantas histórias de pais divorciados.

Sobretudo histórias de mães que lutam todos os dias para que os pais não se escapem às suas responsabilidades, mães que se vêm a braços com pais convencidos de que a pensão de alimentos (tantas vezes irrisória) encerra todos os seus deveres.

O pai que paga 6€ pelo corte de cabelo do filho e os desconta esse valor na pensão do mês seguinte; o pai que ganha três vezes o salário da mãe, mas é incapaz de comprar um par de ténis ao filho que chega para o fim de semana com ténis rotos; o pai convencido que só tem que pagar pensão até à maioridade do filho, mesmo quando o filho quer fazer um curso superior; o pai que só paga alguma despesa extra se a mãe lhe apresentar as faturas até ao dia 8 de cada mês...

Calma! Eu sei que os pais não são sempre os maus da fita.

Também sei que há o contrário (sei bem demais!).

A mãe que compra um frasco de paracetamol e cobra metade ao pai; a mãe que compra uma caixa lápis de cor para a escola do filho e cobra metade ao pai; a mãe que faz questão de mandar o filho para casa do pai sempre com a pior roupa que estiver no armário, mesmo quando o pai sabe que está lá tanta roupa nova que ele comprou e que nunca mais viu.

Pais que levam os dias a trocar mensagens do estilo ‘comprei isto, deves-me x’ , e o outro responde ‘mas eu comprei aquilo, afinal tu é que me deves y’

Como é que conseguem?

Eu sei que a vida é difícil, que em muitas casas sobra sempre mês depois do ordenado terminar, mas ainda assim…

Como é que conseguem olhar para um filho e ver simplesmente um estrato de ‘deve e haver’?

Estou tão bem disposta!

Deitei-me era quase meia noite.

Estava quase, quase a 'passar para a terra dos sonhos' quando começo a ouvir alguém na rua aos pontapés a uma pedra da calçada. Alguém que andava para trás e para a frente aos pontapés a uma pedra da calçada.

Ouvi uma janela a abrir e alguém a refilar... não se ouviu mais a pedra da calçada.

Virei-me para o outro lado.

Estava quase, quase a 'passar para a terra dos sonhos' começo a ouvir água a ser projetada em pressão... de olhos fechados comecei a pensar:

'está alguém a lavar estores... a esta hora!!??'

'não pode ser... pois não? ninguém lava estores a esta hora...'

Tentei ignorar, encolhi-me e permaneci de olhos fechados. Oiço a janela do meu vizinho (que tem um vozeirão que se ouve na China) a abrir-se:

'Posso pôr aí o meu carro... não durmo, mas fico com o carro lavado... não perco tudo!'

Levantei-me e fui ver o que era... era uma coisa mais ou menos como esta:

empresas-EcoAmbiente.jpg

Só que em vez de lavar contentores, estavam a retirar os grafittis das paredes dos prédios da minha urbanização.

Estão a ver o tamanho do camião... era mais ou menos como este o camião estacionado debaixo da minha varanda com o compressor ligado.

Sabem que horas eram?

DUAS DA MANHÃ!

Primeiro chamei a Polícia. Depois anotei o nome da empresa.

Eram quase 3 da manhã quando se foram embora e eu lá consegui adormecer... o meu despertador tocou às 6.

Agora vou ver se consigo perceber se estas criaturas estavam a fazer aqule trabalho, àquela hora, autorizadas pela Câmara Municipal!

E continua...

... o ano da treta! Raio de ano que não chega ao fim!

...

Vocês sabem que Mana Querida começou um trabalho novo há pouco tempo... foi em meados de maio. Como ainda não fez seis meses de contrato, não teria direito a férias... mas, a conselho de colegas mais antigos, conseguiu antecipar QUATRO dias das férias a que tem direito lá para o fim do ano.

Ora, de repente, demos por nós, no ínico desta semana, com a possibilidade de gozar uma semana de férias juntas...

'E para onde vamos... e temos que ir... nem que seja só umas duas ou três noites...'

'Vamos para o Algarve?... marcar qualquer coisa no Algarve, em cima da hora em pleno mês de Agosto... vai ser caríssimo e só naqueles sítios para onde vai toda a gente... vai ser um stress!'

Andámos um serão inteiro de volta do Booking e do Trivago e lá encontrámos um sítio que nos agradou... não é Algarve, é Alentejo...

O plano é: uma hora de caminho, três noites, quatro dias, pequenos almoços de hotel ... passear pela manhã, descubrir uns reataurantes para encher a pança de migas e açordas várias ... e fins de tarde a chapinhar numa bela piscina  ou a dormitar numa bela esperguiçadeira ... pareceu-nos bem!

Tudo marcado e confirmado!

Mas o raio do ano está ser uma bela bosta, não é?

Quem é que se meteu ao barulho?

OS MOTORISTAS!

Já não bastava um S. Pedro mais esquizofrénico do que nunca, ainda temos o raio da greve dos motoristas que ameaça boicotar isto tudo!

Tenho cá para mim, que ainda vamos acabar a fazer um chapinhaço mais caseirinho:

Para começar a semana em bom...

unhas.jpgGostam?

Ou acham que é oficial...'sou uma velha maluca'?

Para todas as minhas seguidoras que estão por aí no éter da internet... escusam de se atropelar para me perguntar qual o número, marca, nome da cor, ok!

NÃO SEI!

Estava no mostruário e apeteceu-me... vocês já sabem que sou moça dada a apetites do momento... estava um bocado enjoada dos rosas e dos nudes e vai daí... PUMBA!

Agora que estive um dia inteiro a matraquilhar no teclado... a ver manchas azuis a balançar à frente dos olhos o dia todo... já não sei se fiz bem... e só vou substituir esta cor... no dia 10 de agosto!!!

Já tive o rosa pastilha elástica, agora tenho este azul... só me falta a mesma coragem de Mana Querida e avançar para um amarelo mostarda... a maluqueira na velhice corre no sangue da família!

Vá podem dar umas gargalhadas à minha conta...o que seria de vocês se não fosse eu para vos alegrar a semana!

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D