Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Um dia… quando for rica

O meu Paulo comprava revistas de decoração todos os meses. Mais que uma por mês. E lia tudo religiosamente.

Claro que aqui a menina acabou por ser contagiada pelo bichinho da decoração.

Prestávamos atenção aos nomes dos ateliers de interiores (ao ponto de, muitas vezes, apenas com um olhar para uma fotografia já acertávamos no nome do atelier que tinha executado o projeto), calcorreávamos kms para ir àquela loja que tinha sempre peças giras nas páginas das revistas, como aquele dia em que fomos do Barreiro até Colares para ser recebidos por uma tia que nos informou 'só trabalhamos com profissionais' (cá agora atender o povo!).

Outra coisa que estas revistas nos ensinaram foi a conhecer o nome de alguns designers e a conhecer e sonhar com algumas peças.

O Paulo tinha uma pancada com o Philippe Starck. Chamam-lhe o enfant terrible do design francês. Num Natal conseguiu comprar este candeeiro para a sua mesinha de cabeceira,

 miss-k.jpgmiss-k2.jpg

Chama-se Miss K e o nosso é vermelho. Tem sido um companheiro nestes três anos, porque tem um regulador de intensidade da luz no interruptor, ainda durmo algumas noites com este bichinho no mínimo.

Tínhamos uma lista de objetos icónicos do design, para equipar as restantes divisões da casa, assim numa de 'deixa lá ter aqui esta lista já pronta, não vá dar-se o caso de nos sair o euromilhões e não estarmos devidamente preparados'. Como diz o poeta ‘quando um homem sonha, o mundo pula e avança’ e se havia coisa que nós dois fazíamos muito bem era SONHAR.

No topo da nossa lista tínhamos este menino, para um cantinho da sala:

Taccia1.jpgtaccia5.jpg

Chama-se Taccia e foi desenhado, em 1962, por Achille e Pier Giacomo Castiglioni (raio dos italianos que têm tanto jeitinho para desenhar coisas bonitas). Tendo em conta que são precisos quase dois mil euros para o comprar, o cantinho da sala ficou sempre à espera (ainda está...).

Para fazer companhia ao Taccia, tínhamos duas hipóteses:

 

Lounge_Chair_1024x1024.jpg     egg_arnejacobsen jpg.jpg

A Lounge Chair, criada em 1956, por Charles & Ray Eames ou (porque não e também – se é para sonhar, sonhamos com tudo não é?) a Egg Chair, criada em 1958, por Arne Jacobsen. Ambas começam nos seis mil euros (acho que há modelos em pele da Egg que chegam aos 13 mil). Ah... nestes preços não estão incluidos os reposa pés. DAAHH, claro!

Para a cozinha só podia ser um conjunto Tulip, criado em 1957, pelo Eero Saarinen. Foi a minha primeira paixão. É lindo, não é? Dois mil euros para a mesa, mais uns mil e quinhentos cada cadeira.

tulip.jpg

Sim, eu sei que vão já dizer que no Ikea existe uma mesa igual, e há cadeiras Egg à venda na net por 300€. Mas não é a mesma coisa. Se repararem bem o que muitas vezes aparece escrito é 'inspirado na cadeira...'. Afinal 300€ é dinheiro, não é? Então, em vez de comprar uma imitação fajuta, com o mesmo dinheiro compro outro cadeirão qualquer que também gosto (é o mesmo principio que se aplica às meninas que andam no metro com malas Louis Vuitton... para mim, isso não faz sentido, por isso compro as minhas malas na Parfois).

Comprar uma peças destas é como comprar uma peça de arte, é um investimento, é algo que se deixa de herança aos nossos filhos.

Por isso, vou continuar a sonhar... fico à espera da taluda e até lá vou ficando com peças que não imitam ninguém...

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D