Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

Não sejas engraçadinha!

Como é costume dizer nestas lides "Este é um blog sobre tudo e sobre nada"

As malas estão prontas!

Não cabe nem mais um alfinete na bagageira do carro...

O gato já está enfiado na transportadora e já mia desconsoladamente...

Tudo pronto...este será o estilo nos próximos dias...

Fotos Julho 2016 096.jpg

BAYWATCH

Pensavam que ia colocar uma foto minha em biquini?

Calma pessoas, tenho muito respeito pela saúde dos vossos olhinhos!

SOCORRO

Ontem

Colega qua ia entrar de férias envia mensagem

'Lanchinho, mais logo'

Houve bola de carne para o lanche...

 

Hoje

Outra colega acabar de chegar à minha secretária

'Só para avisar que está no frigorifico uma caixa com fatias de bolo de chocolate'

...

Cara colegas,

eu sei que sou fofinha, que sou uma coleguinha amiguinha de todas, que podem contar comigo para o que for preciso, mas....

PORRA deixem-me fazer dieta, caraças!

...

Por este andar não já ginásio que me valha...Vou parecer uma morsa de biquini...

 

Acampamento dos Figueiredo 2017

No sábado de manhã comentei com Mana Querida que o tempo estava farrusco, mas ao menos não havia vento, por isso não estava tudo perdido. À noite ouvi o vento na chaminé da cozinha e pensei ‘F*CK!’ Por isso, começo este texto com uma mensagem especial dedicada ao S. Pedro:

HÁDES FAZER MUITOS AMIGOS ASSIM!!!

Mas nós…nós somos os Figueiredo. Quando metemos uma coisa na cabeça não há nada a fazer. O S. Pedro tinha que mandar um dilúvio digno da construção de uma arca para nos fazer desistir do nosso Acampamento na PRAIA. Não só não houve dilúvio, como ficou claro que esta família tem uns parafusos a menos.

Não passou pela cabeça de nenhum de nós que, estando uma maravilhosa manhã de outono (inverno?), se calhar não ia estar muita gente na praia, não era preciso ter pressa em chegar, não ia haver filas de carros, como é hábito num normal domingo de julho nas praias da Caparica! Comportámo-nos TODOS como se estivessem 35º.

Às sete e meia da manhã estava já Sr. Meu Pai na padaria a comprar pão e bolas de Berlim, perante o olhar incrédulo das empregadas quando confirmou que ‘sim…vamos à praia!’. Mais ou menos pela mesma hora, Prima Mafalda entra na padaria do seu burgo (onde chovia!!!) já de biquíni vestido para também enfrentar os olhares de espanto das empregadas.

Quem conhece a Praia da Rainha sabe que quem vem do lado da Fonte da Telha, não pode virar à esquerda no acesso da praia, a partir das 9 da manhã, nos fins-de-semana e feriados durante a época balnear. Por isso, em nossa casa há sempre o stress de chegar à Praia antes da 9 da manhã. Mais uma vez, não nos passou pela cabeça que não haveria confusão, porque estava uma manhã de m****. NÃÃOOO. Metemo-nos à estrada como se estivessem 35º. Ninguém na estrada… estranho!!!

Chegámos à cancela do parque de estacionamento eram OITO E MEIA… acho que acordámos o menino que estava ali para receber o pagamento. Chegámos ao areal…olhámos para a esquerda e para a direita e não se via vivalma. NINGUÉM!!! Que fique registado para toda a posteridade:

9 DE JULHO DE 2017

O dia em que os Figueiredo Pacheco abriram o portão da praia

O resto do pessoal foi chegando… enrolados nas toalhas, de casacos vestidos… enfim um típico domingo de verão na praia. Olha, ao menos os miúdos tiveram espaço com fartura para brincar.

E sabem que mais? Batemos o recorde de presenças: eramos 15 adultos, 7 crianças e duas formiguinhas que ainda estão no forno. Vieram primas Figueiredo da Amadora e lá da terra, de propósito. Estiveram presente quatro gerações da nossa família.

Quando chegou a hora do almoço aquilo era caixas de comida a sair de tudo quanto era saco: rissóis, croquetes, chamuças, frango frito, quiches, saladas, copos de três... Mais uma vez, um agradecimento muito especial ao S. Pedro pelas duas rabanadas de vento que fez soprar durante a refeição. Ficou tudo salpicado de areia. Não faz mal, é da maneira que fazemos esfoliação interior.

Pela primeira vez, em tantos, tantos anos, saímos da praia já passava das seis da tarde!

E pró ano há mais…

familia.jpg

Para enfrentar esta esquizofrenia do S. Pedro...

...nada melhor do que ficar a conhecer as últimas tendências da moda:

19575160_1613744285327224_5282090913143035798_o.jp

Diz numa página do FB que é um ALERTA TENDÊNCIA...

 Vá... mostrem aos vossos maridos, namorados, colegas de trabalho e depois contem-me a opinião deles.

Como devem calcular adoro tudo, mas o pormenor das meias... vê-se logo que é uma criação de gente atenta aos detalhes.

Sorriam, pessoas! Sorriam que amanhã é sexta-feira!

(MUITO OBRIGADA, PRIMA MAFALDA)

Outra vez, a semana mais estupenda do ano

Lembram-se, já vos falei disto o ano passado.

Vem aí a minha semana preferida do ano. A semana em que planeamos a viagem de férias.

Mais uma vez, vamos todos para o mesmo sítio para duas semanas de praia.

Nunca fomos uma daquelas famílias que ‘ia de férias’, muito menos para o Algarve. As nossas férias foram sempre em casa. Nunca houve orçamento para mais do que idas e vindas diárias entre o Barreiro e as praias da Costa da Caparica.

Nesta fase da vida, somos 4 adultos, todos com os seus rendimentos e como até nos damos todos bem, dividimos a despesa do aluguer da casa, num local que, de outra forma, não estaria ao nosso alcance. Claro que é sempre preciso controlar a despesa enquanto estamos de férias, o que pode ser difícil porque é preciso organizar os pertences e os interesses de quatro adultos, uma criança e um animal.

Começa logo na viagem. Podíamos levar dois carros, pois podíamos. Mas isso significava portagens e gasóleo vezes dois…. Também era bom que o carro fosse uma daquelas carrinhas de nove lugares com uma bagageira enorme (tipo ‘ford transit’, tão a ver!), mas não é. Levamos só um carro gama familiar e temos que nos acomodar.

Oh Rita, explica lá como é que conseguem essa proeza?

Confesso que tem sido uma tarefa que temos vindo a aperfeiçoar de ano para ano. A regra a aplicar é muito simples:

DESLIGAR O COMPLICÓMETRO

Passo a demonstrar a aplicação desta regra com alguns casos práticos:

Durante duas semanas a nossa única decisão matinal é saber qual o biquíni/fato de banho a vestir, por cima enfiar a primeira túnica que aparecer à mão e calçar chinelos. No máximo leva-se um ou dois vestidos e umas sandálias, assim... mais arranjadinhas, para ir comer o gelado à esplanada depois do jantar.

Resultado: roupa de 5 pessoas em 2 malas (daquelas que cabem na cabine do avião).

Nós, as gajas, estamos proibidas de ter frescuras quanto a artigos de higiene e afins. Durante duas semanas todas usam o mesmo champô, amaciador, sabonete, produtos solares, cremes hidratantes, etc… já bem basta termos um homem que precisa de levar os artigos todos para fazer a barba!

Resultado: artigos de higiene de 5 pessoas num único necessaire.

Nem pensar ter toalhas de praia fofinhas, mesmo não gostando só se usam daquelas toalhas fininhas que nos enchem de areia (temos pena!), mas que ocupam metade do espaço. Os brinquedos da miuda têm que se limitar a uma mochila pequena e o gato (sim, também tem que contribuir) tem que fazer as necessidades num tabuleiro sem tampa.

A parte mais difícil de gerir é a logística da parafernália que levamos para a praia. A malta gosta de fazer praia o dia inteiro. Chegamos de manhã cedo e só regressamos a casa depois do lanche.

Ora, para tantas horas é bom que haja algum conforto (pelos menos 3 chapéus de sol, 3 cadeiras, almofadas…) e, sobretudo, coisinhas para ir comendo ao longo do dia (são três, as nossas geleiras…). Ajuda ter uma mãezinha com jeitinho para a costura que faz bolsas em lona com alças que facilitam muito o transporte disto tudo e o facto de haver um espaço na praia para guardar os artigos mais pesados (os 30€ mais bem gastos das duas semanas).

Pensando bem, eu e Mana Querida bem podíamos abrir um negócio de 'gestão do veraneio'...

...

Vá... já partilhei a minha sabedoria! Partilhem agora vocês outros truques que me ajudem nesta tarefa.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Follow

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D